Por:

Saiba como branquear os dentes sem sair de casa – do mito à realidade

WhatsApp-Image-20160719

Quem é que não quer ter uns dentes brancos e um sorriso brilhante?

Eu não conheço ninguém. Ter dentes brancos e saudáveis é uma das primeiras imposições para quem quer ter um sorriso bonito e atraente.

E mais do que nunca somos bombardeados com tutoriais, dicas e receitas para branquear os dentes sem gastar dinheiro e sem sair de casa.

No entanto, a grande maioria das dicas e receitas que ouvimos e encontramos na internet são falsas. Vamos passar-lhes uma “escova fina”:

saffron

Uma das últimas modas para branquear os dentes em casa é esfregá-los com uma pasta feita à base de açafrão. Esta dica é infundada e pode até surtir o efeito contrário. Os dentes têm pequenos poros que são bloqueados pelo açafrão, podendo assim tornar os dentes mais escuros.

Esfregar a parte branca da casca da laranja nos dentes ou chupar um gomo de limão todas as manhãs. Outra receita enganosa, já que o ácido dos citrinos desgasta o esmalte dos dentes, deixando-os mais expostos a cáries e à sensibilidade dentária.

Ainda no role da acidez e do desgaste do esmalte, temos o vinagre de maçã, que alguns especialistas aconselham a bochechar juntamente com água todas as manhãs. As consequências são as mesmas que acabo de mencionar para os citrinos.

Há ainda quem acredite que fazer bochechos com óleo de girassol, de côco ou azeite pode ajudar a higienizar e a branquear os dentes. Não há nenhuma prova científica ou evidência de que esta técnica funcione.

Como ter uma sensação de limpeza sem sair de casa?

Banana

Outra receita diz-nos para esfregar nos dentes a parte de dentro da casca da banana, durante uns dois minutos, num período de três semanas.

O facto da banana ter elevados níveis de potássio e magnésio pode ajudar a remover manchas dos dentes. Mas, não acredite que esta técnica vai ter resultados muito profundos, será um tratamento muito superficial.

Uma das mais antigas técnicas é escovar os dentes com uma pasta feita de bicabornato de sódio e água. Este remédio da sabedoria popular tem fundamento e pode realmente ajudar a remover sujidade e manchas. No entanto, se usado em excesso pode também corroer o esmalte dos dentes. A melhor opção é utilizar esta técnica menos de quatro vezes por ano e espalhar a pasta com os próprios dedos e não com uma escova.

Os morangos podem branquear os dentes?

P1010139-ANIMATION

Apesar de os morangos também serem constituídos por acido cítrico, também contém ácido málico para contrabalançar. Quanto mais maduros forem os morangos, maior a concentração de ácido málico em relação ao ácido cítrico.

Portanto, se quiser experimentar esta técnica escolha morangos muito maduros, esmague-os com um garfo, até obter uma espécie de pasta para esfregar nos dentes – vão fazer o papel de esfoliante e vão remover sujidade da superfície dos dentes. O ácido málico não retira as manchas, mas favorece a limpeza e dá aos dentes uma leve sensação de branqueamento.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *