Por:

Quer que o seu filho seja feliz e bem sucedido? Ensine-o a rir-se de si mesmo

"Brincadeira é a forma de aprendizagem mais natural e uma forma efetiva de incentivar a curiosidade, a criatividade e a coragem."

Com o meu segundo filho a ‘gatinhar’ para os cinco meses de idade, quero certificar-me que aprende a rir-se de si mesmo, a encarar a vida de forma positiva.

Quanto mais depressa aprendermos a rir-nos de nós próprios, melhor. Uma criança que saiba assumir uma brincadeira para consigo, que percebe o sentido figurado e literal das coisas, tem mais facilidade em ser segura de si mesma e mais assertiva e corajosa.

Essa habilidade para encarar as situações com humor não só vai preparar as crianças para uma vida adulta plena, como também pode converter-se numa espécie de proteção frente a situações complicadas da vida escolar.

A autoestima é a relação entre a nossa imagem real (como somos aqui e agora) e a imagem que julgamos ideal (aquilo que sonhamos ser). Quando existe uma diferença muito grande entre ambas, falamos em falta de autoestima. O sentido de humor ajuda a diminuir esse espaçamento entre as duas ideias. Nesse momento, um adulto ou uma criança, é capaz de rir-se daquilo que considera serem os seus defeitos, os seus complexos ou os seus traumas. Não precisa do reconhecimento dos outros para se sentir bem consigo mesmo, e tem mais facilidade em aceitar-se tal como é.

Umas das chaves capazes de resolver o déficit de autoconfiança está em descobrir que todos nos enganamos e que é possível aprender com cada falha e até rir-mo-nos das situações.

Eduardo Jáuregui, professor de Psicología Positiva da Universidad de Saint Louis, vê num ambiente lúdico uma esfera apropriada para que as crianças sintam segurança em si mesmas. O especialista alega que a brincadeira é a forma de aprendizagem mais natural e uma forma efetiva de incentivar a curiosidade, a criatividade e a coragem.

Não é por acaso que na Finlândia, um dos sistemas educativos com melhores resultados ao nível mundial, a única actividade que as crianças fazem até aos 7 anos é brincar.

Lembre-se, rir-se de si mesmo é um sinal de inteligência, equilíbrio e maturidade emocional, já que proporciona segurança e confiança.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *