Por:

Dia Mundial do Sorriso

Foi em meados do século XIX que Darwin publicou os primeiros estudos científicos acerca da expressão facial. Desenvolveu a ideia de que o sorriso é uma expressão inerente à espécie humana e com um papel crucial na adaptação e evolução da nossa espécie ao longo dos tempos, The Expression of Emotions in Man and Animals.

É verdade que “com um sorriso nos lábios” se manifesta a felicidade, o que se calhar não sabia é que se “se quiser sentir feliz, então deve sorrir”. Este é o pressuposto de uma teoria defendida por Paul Ekman, um dos 100 mais notáveis psicólogos do século XX, cujo princípio sugere que um sorriso não é só o resultado de um estado de felicidade, mas que pode também ajudar a produzi-lo. Veja bem, se forçarmos um sorriso na nossa cara, mesmo que não tenhamos nenhum motivo que nos faça querer sorrir, estamos a enviar para o nosso cérebro a informação de que estamos a sorrir, isto vai funcionar como um indutor de prazer, e o nosso cérebro liberta serotonina e endorfina.

Investigadores ingleses descobriram que um sorriso pode gerar o mesmo nível de estimulação cerebral de até 2000 tabletes de chocolate! No mesmo estudo, descobriram ainda que sorrir é tão estimulante como receber até 20000 euros em dinheiro!

Também o ato de sorrir para outras pessoas facilita os relacionamentos interpessoais, em todas as áreas da sua vida, já que o sorriso é evolutivamente contagioso. Se sorrirmos para alguém no nosso emprego, por exemplo, mais facilmente teremos um feedback positivo, colaboração e boa energia no trabalho.

Por outro lado, o tamanho do seu sorriso também define a dimensão do seu sucesso. Num estudo longitudinal, realizado ao longo de 30 anos, pela Universidade da Califórnia, em Berkeley, os investigadores determinaram o sucesso e o bem-estar que os estudantes alcançariam no futuro, medindo o tamanho dos seus sorrisos. Foram capazes de provar que quanto maiores fossem os seus sorrisos, mais bem sucedidos seriam os alunos.

Como pode perceber, está cientificamente comprovado: partilhar com frequência esta expressão universal é extremamente benéfico para o seu equilíbrio físico e mental!

No entanto, nem todos sorrimos diariamente, várias vezes por dia. “Mais de 1 terço das pessoas sorri mais de 20 vezes por dia, ao passo que menos de 14% sorri menos de 5 vezes por dia”, Ron Gutman, em O poder escondido do sorriso. Já as crianças sorriem mais de 400 vezes por dia!

Já sabem, grandes quantidades de sorrisos podem tornar-vos mais saudáveis, ajudam a reduzir a produção de hormonas que causam o stress, como o cortisol, a adrenalina e a dopamina e aumentam o nível de hormonas que melhoram o humor, como a endorfina, e ainda, a reduzir a pressão arterial.

Neste dia mundial do sorriso, tenha presente o poder do sorriso como lema de vida. Se quer viver uma vida mais longa e feliz, sorria muito, todos os dias, para toda a gente!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *